Uma coisa é certa: o processo de coaching deve ser pensado sob medida para você. Para encontrar um coach adequado ao que gostaria de desenvolver, listamos algumas coisas para você ter em conta na hora de buscá-lo:

Qual o custo x benefício no processo de coaching?

Se você avalia que chegou a hora de buscar um processo de coaching é porque provavelmente está incomodado com algum aspecto da sua vida. É quando estamos em crise ou em uma situação de desvantagem que buscamos a mudança porém, o coaching é um projeto pessoal de médio-longo prazo que exige disciplina, organização das ideias e aprimoramento contínuo. Se você busca uma solução imediata, talvez essa não seja a pedida certa.

Quando feito por um profissional sério, o coaching costuma ser um investimento alto, então o primeiro passo é ter consciência sobre a relação custo-benefício do que você está contratando. Quais são os benefícios monetários que você espera ter graças ao processo de coaching? Ele terá um impacto direto no seu negócio ou emprego? Você tem como mensurar este retorno? Quanto maior ele for, mais o custo do processo de coaching é diluído e mais positiva a relação custo-benefício.

Por outro lado, não adianta encontrar um coach barato com retornos limitados ou o processo se torna um gasto ao invés de um investimento pensando no futuro.

5 exercícios para completar antes de buscar um coach

Que tal se estruturar e fazer o seu dever de casa antes mesmo de encontrar o seu coach? Se organizar é fundamental para esclarecer as ideias e te ajudar na hora de entrevistar o profissional.

Liste 3 novos hábitos que deseja adquirir – primeiro de janeiro é sempre a mesma coisa: a gente começa o ano novo na expectativa de que ele vai ser diferente, melhor e mais produtivo. Só que sem saber quais hábitos merecem ficar pra trás e quais precisamos adquirir, não há ano novo que solucione! Reflita sobre três novos hábitos que você quer começar hoje pensando no bem que eles farão lá na frente.

Escreva algumas páginas de “autobiografia futura” – é simples, mas é efetivo: responda às seguintes perguntas – que tipo de pessoa você deseja ser no futuro? e o que quer conquistar na vida? Além de ser um ótimo material para compartilhar com o seu coach, este exercício vai te ajudar a ter mais direção.

Trabalhe em uma lista de critérios – liste os pontos dos quais não abre mão na escolha desse profissional: quanto tempo de experiência ele deve ter? Ele atua em que mercado? Tem personalidade forte e exigente? Isso vai te ajudar a filtrar melhor a sua pesquisa e a pôr atenção no que realmente importa pra você.

Enumere os projetos dos quais mais sente orgulho e porquê – isso dará a você e ao coach um entendimento básico sobre quais realizações te inspiram e te motiva a fazer mais e melhor.

Separe o que você deve trabalhar com o terapeuta – coaching e terapia têm papéis complementares no seu desenvolvimento pessoal, pois eles lidam com aspectos diferentes de quem você é. Não misture os assuntos, separe o que deve ser trabalhado com o seu psicólogo, que faz um resgate do passado, e o que deve ser planejado com o seu coach, que vai te preparar para o futuro.

Onde procurar o coach adequado

Você já ouviu falar que você é a média das cinco pessoas com quem mais convive? Pois é. As chances são altas de que para sair da média ou “aumentar o valor” desta média, você precise de um coach para te dar um empurrãozinho. O primeiro lugar onde buscar essa recomendação é com os seus colegas e amigos: pessoas que você considera bem sucedidas em vários aspectos e que servem de inspiração para onde gostaria de chegar.

Profissionais experientes de RH, assim como gestores de alta performance, costumam ter contatos de consultores e especialistas em coaching. Se eles não tiverem um coach para recomendar, vão te apontar na direção de quem tem.

Você também pode pesquisar no diretório de coaches credenciados no Instituto Brasileiro de Coaching, no site brasileiro do International Coaching Federation e consultar o LinkedIn buscando pelas palavras-chave “coach”, “master coach”, “coach practitioner”, “life coach” ou “life consultant”. Há também quem prefira pesquisar pelo Youtube coaches que sejam mais desenvoltos e que disponibilizam uma pequena amostra do seu trabalho.

Quanto o coach cobra

No nosso artigo sobre quanto custa o processo de coaching, exemplificamos as variáveis que influenciam o preço do coach, que muda de acordo com a modalidade, duração, localização, formação e tipo de experiência que o profissional possui. Como esse é um investimento alto, o coach mais adequado às suas condições é o que não vai comprometer o seu orçamento mensal. O custo do coaching não deveria ultrapassar metade da quantidade de dinheiro que você gasta com itens não-essenciais, que devem somar até 30% do seu orçamento.

Por outro lado, preços muito baixos são sinal de coach inexperiente, portanto, é melhor conversar com ao menos três profissionais para ter uma base comparativa de valores. Antes de formalizar o contrato, pergunte se o coach oferece uma sessão experimental, assim você pode sentir na prática se existe uma adequação do seu perfil ao estilo dele, analisando a decisão além do quesito financeiro.

Como aproveitar a sessão experimental

Se o coach oferecer essa possibilidade, aproveite a sessão experimental para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o processo e também introduzi-lo no seu histórico, conquistas, desafios, forças e debilidades pessoais que deseja trabalhar. Compartilhe exemplos reais de reconhecimentos que obteve e fracassos com os quais aprendeu, pedindo ao coach materiais de leitura, referências e exercícios para organizar a sua “linha do tempo” e reconhecer padrões de comportamento que te levam ao sucesso.

Isso já vai te oferecer uma visão do arsenal de ferramentas e capacidade de agregar valor, em muito pouco tempo, que aquele profissional possui e testar a “compatibilidade” de perfis.

Coaching: expectativas versus realidade

Você fez o dever de casa, pesquisou o coach certo, assinou o contrato e está prestes a ter a primeira sessão de um processo que pode transformar a sua vida. É normal ter expectativas altas e esperar muito do profissional, afinal o que você contratou foi o potencial de resultados futuros.

Por isso é importante compartilhar tudo o que espera com o seu coach, para não deixar entendimentos subentendidos e, sobretudo, alinhar o seu papel e comprometimento. O coach não é a resposta para os seus problemas, ele é um facilitador na descoberta das soluções. Mantenha os pés no chão e trabalhe pra fazer dar certo. Boa sorte na busca!

Na A-cubed acreditamos que o coach é um aliado na conquista do seu sucesso, assim como a capacidade de aprender cada vez mais. Conheça os nossos planos de videoaulas e aplique a nossa metodologia para avançar na sua carreira, na vida pessoal, na preparação para o vestibular e ENEM, concursos públicos ou exames profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *