Sejamos sinceros: se você chegou até aqui é porque deve estar buscando um teste on-line “mágico” para saber se tem ansiedade ou querendo se autoavaliar antes de buscar ajuda clínica. A gente já compartilhou com você os principais sintomas da ansiedade e como tratá-los, mas achamos importante deixar algo muito claro: um teste não pode te dar um diagnóstico final, ele pode no máximo te ajudar na conversa com um psiquiatra, ok?

Avaliações para diagnosticar a ansiedade

Diagnosticar ansiedade não é uma tarefa fácil, pois os sintomas podem ser facilmente confundidos com outras condições de saúde, então o seu médico provavelmente avaliará aspectos físicos, cognitivos e comportamentais:

  • Sintomas somáticos ou fisiológicos: relacionados a sensações físicas (falta de ar, aperto no peito, tontura).
  • Sintomas cognitivos ou afetivos: pensamentos e respostas emocionais (medo de ter um ataque cardíaco, enlouquecer, se assustar).
  • Sintomas comportamentais: relacionados a como você age e se comporta (não sair de casa, evitar pessoas ou objetos, sair apenas com pessoas conhecidas).

Se os sintomas persistem há mais de 6 meses e se você tem dificuldade em lidar com o que sente, o transtorno de ansiedade generalizado é uma das possibilidades, mas não é a única. A avaliação clínica provavelmente passará por:

Exames físicos

  • Exames de sangue para identificar anemia (deficiência de ferro, vitamina B12 ou folato).
  • Avaliação hormonal relacionada ao correto funcionamento da tireoide.
  • Teste de urina.
  • Identificação da curva glicêmica e possibilidade de hipoglicemia reativa.

Hábitos e condições pre-existentes

  • Consumo de álcool e tabaco.
  • Consumo de cafeína.
  • Histórico familiar.
  • Medicações administradas pelo paciente.

Questionários psicológicos

Após descartar a possibilidade de outras doenças, o seu médico pode aplicar questionários em uma conversa com você ou você pode respondê-los diretamente. A maioria deles usa uma escala de avaliação de vários aspectos. Abaixo listamos alguns tipos de exame e suas características:

  • Escala GAD-7 (Distúrbio de Ansiedade Generalizada) – leva em consideração a frequência com a qual você se sentiu incomodado por 7 problemas nas últimas 2 semanas e se sim, o quão difícil foi lidar com o problema e o trabalho, relacionamentos e vida familiar.
  • Ferramenta de triagem ADAA – Um questionário com escalas de avaliação de sintomas, seus graus e perguntas binárias sobre preocupações.
  • Questionário de Preocupação da Penn State University – Esse exame faz a distinção entre desordem de ansiedade social distúrbio de ansiedade generalizada com 16 perguntas para medir a generalidade, excesso e incontrolabilidade da sua preocupação.
  • Inventário de Fobia Social (SPIN) – 17 perguntas avaliam o seu nível de fobia social em uma escala de 0 a 4.
  • Escala de Ansiedade Zung – Um questionário com 20 perguntas em uma escala de frequência para diversos assuntos (nervosismo, ansiedade, tremor, taquicardia, desmaio, pesadelo, incontinência urinária).
  • Inventário de Ansiedade Beck (BAI) – Avalia a severidade da sua ansiedade com 21 perguntas de múltipla escolha sobre os sintomas que sentiu nas últimas semanas incluindo formigamento, medo e dormência e o grau de cada um.

Dicas para autoavaliar a ansiedade

  • Evite responder exames para ansiedade quando estiver cansado, abatido ou com um alto nível de autocrítica.
  • Separe um lugar silencioso e tempo para responder ao exame com atenção.
  • Após responder o teste, identifique as possíveis fontes de estresse: relacionamentos, trabalho, estudos, doença, mudanças vitais (casamento, divórcio, aposentadoria), atividades rotineiras, equilibrar vários pratos e responsabilidades.

Agora que você conhece as formas e exames disponíveis para avaliar a ansiedade, conheça alguns exercícios que selecionamos para te ajudar a superá-la e mapeie quanto tempo você dedica aos esportes, sono, convivência com amigos e família, hobbies, dentre outras atividades saudáveis. Prometa a si mesmo: depois de avaliar o seu nível de ansiedade, se dedique mais às coisas que gosta.

Na A-cubed queremos aproximar você dos seus sonhos e paixões. Conheça os nossos planos e aplique a nossa metodologia para avançar em sua carreira, desenvolvimento pessoal ou ser aprovado em um vestibular ou concurso. ((link para a página de planos))

Fontes:

NHS UK

Mayo Clinic

Healthline.com

ADAA.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *